Poemas Inéditos e Avulsos

Casa (1983)

Me lembra o quarto escuro
e a claridade do jardim,
o chão lustrado, a grama aparada.
Domingo morno, véspera de chuva.

Um antes de mim que me lembra
o antes de tudo.
No princípio, nada havia...
havia sim, mas eu dormia.

E agora por que não consigo ficar
neste quarto e neste sol?

*Publicado na antologia Nova Poesia Brasileira (Ed. Shogun, 1983)

Álvaro Santi
00/00/1983

 

 


BIOGRAFIA | COMPRAR | POESIAS | PROSA | MÚSICA | BIBLIOGRAFIA | VÍDEOS | MURAL | LINKS | CONTATOS
site da Rede Artistas Gaúchos