Poemas Inéditos e Avulsos

Revertere ad locum tuum

Repouso almejas? Vida é luta!

Desde o primeiro momento,
um gameta em um milhão
logra alcançar o seu alvo,
por sobre um mar de fracassados.

Começas da estaca zero:
não tens sequer um nome
e já forcejas por sair de um ventre

Mais tarde, para abrir distância
de um regaço, quantos hematomas
vão custar os teus primeiros passos?

Depois do amor, no combate
à dor da perda empenharás
todo o teu talento.

Por fim, te espreita sempre
o inimigo oculto,
desde dentro.

* Publicado em CAMARGO, Dilan (org.) Coletânea de Poesia Gaúcha Contemporânea. Porto Alegre RS: Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, 2013.


00/00/2013

 

 


BIOGRAFIA | COMPRAR | POESIAS | PROSA | MÚSICA | BIBLIOGRAFIA | VÍDEOS | MURAL | LINKS | CONTATOS
site da Rede Artistas Gaúchos